quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Dois em um.




Eu entendi. Entendi porque precisei passar por tanta coisa, porque nunca deu certo, porque foi tão difícil chegar aqui.
Entendi que desperdicei sementes em terras tão áridas e que quando te encontrei só me restava me semear inteira. E adubei, floresci, frutifiquei.
E hoje tudo o que é colhido de mim resulta do que você (se) plantou.

E, acordando e te vendo assim, do meu lado, entendo porque não me encontrei antes.

Que se danem os pessimistas do casamento, que se danem os intelectuais metidos a besta, que se dane todo mundo hoje. Pra mim, cada dia é um novo sim que eu quero dizer.

Meu poema particular: nossa vida ao quadrado.

2 Piruetas.:

Nara Caroline disse...

Belíiiissimo texto. Te desejo muitas felicidades =)

JEANS E CAMISETA disse...

Adorei cada letrinha. Seja sempre muito abençoada.

 

Blog Template by BloggerCandy.com