quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Circo.

Poeminha ironicamente escrito no meio de uma aula de Prática
de Ensino IV, onde se tentava pela milésima quarta vez debater
o papel do professor dentro da sociedade e se abordava um texto
sobre "a crise de identidade dos professores" no ensino brasileiro.


Marcha universitário
cabeça de papel,
se não marchar direito
o circo vira escarcéu.

A escola pega fogo,
Dona Ignorância deu sinal:
acuda, acuda, acuda
o ensino nacional!!!!


Numa visão prospectiva, cerca de 70% dos aspirantes ao diploma
de Letras tornaram-se professores que exerciam as práticas que mais condenavam.
E para disfarçar a falta de justificativas, deram as mãos e brincaram de roda
com os alunos ao som destes versinhos acima. Depois fizeram greves e se aposentaram.
Mas não esqueça: havia os outros 30%. E eu estava entre eles.

8 Piruetas.:

Filipe Garcia disse...

Oi Ká,

gostei da crítica por trás dos versos!! Acho que é bem por aí mesmo, infelizmente.

Um beijo;

jeffao_araujo disse...

acuda, acuda, acuda (messsssssmo)
o ensino nacional!!!!

O nosso Brasil é um país bom, só precisa investir mais no ensino nacional.
E ainda bem que existem esses 30%
bjus

will disse...

Necessitamos de paródias assim, com essa ironia e critica embutidas... para graduandos em Engenharia, Medicina, Advogacia entre outros.

O que eu quero dizer é: Depois de formados boa parte passa a praticar aquilo que condenava enquanto estudante.

Sendo 30% ou menos, quero estar lá.

Pri C. Figueira disse...

Infelizmente assim é o ensino no nosso país, mas sou grata por esses 30%, eles fazem diferença mesmo sendo um número pequeno e é através deles que nosso ensino vai mudar!!

Bjinhu

Glau Ribeiro disse...

Ká,

Gostei um tanto do seu modo de dar uma cutucadinha na galera. Fácil falar mal e condenar tudo e todos, difícil é agir com proatividade, fazendo sua pequena parte, que faz uma mega diferença, né?

A crítica foi muito bem posta nos versinhos de "marcha soldado".

Gostei um tanto daqui.
\o/

Beeeijo procê!

p.s.: Brigada pelo comentário viu. E óóó, quer se apaixonar [de novo]? O mais fácil então é se permitir. E essa paixão minha é prosa nossa pra horas e horas a fio. um dia te conto. =)

Andréia disse...

desses 30% eu conheci 3 professores maravilhosos q nunca vou eskecer...

beijokas

ALF disse...

O texto de cima é uma dança muito louca do amor. Amorosa, confusa, mas atraente e bela.

Lindíssima composição.

Quanto aos versos, não vi perfeita crítica antes.

Parabéns Karine

Beijocas

ps: dia 06 tem mais bolo. Aguarde.

;)

O Profeta disse...

Este Mar que beija a Ilha
Traz de longe sonhos perdidos
Adormece na areia e deixa
Na espuma mil e um segredos

Meus sonhos são estrelas que semeio no espaço
São corpo nu que vagueia pela saudade
Brotam e correm para o Mar
Enfrentam a dor a tempestade



Bom domingo



Doce beijo

 

Blog Template by BloggerCandy.com