terça-feira, 5 de agosto de 2008

Voz e Violão.

Não pense que a vida passa e ninguém vê. Nem que ela toca e ninguém escuta.
As notas que saem de ti cantam agudos sofridos compostos de graves sorrisos.
Não espere as palmas para prosseguir a canção, mas sim espere que, entre o dedilhar e o prosseguir, nasça o refrão exato do teu momento.
Puxe o banco e acolha o violão sobre teu colo. Percebas o "silêncio musical" que exala. Não se engane ao pensar que o doce cheiro parte dele. Este aroma de vida saí de ti, soprado pelas divinas narinas, composto por tua sina de simplesmente ser. E estes altos e baixos, agudos e graves, estas batidas diversas que escutas são espelho da tua alma, alegrias de teu espírito, reclamações de tuas dores.

Aceite a canção que você é.

12 Piruetas.:

Mr. Ziggy disse...

Você achou uma batida perfeita pra essa levada de metáforas. Dedilha mais pouco também, que ficou tudo lindo. Beijo pras suas figuras de linguagem! Gosto delas...

Mr. Ziggy disse...

*mais um pouco

Pri C. Figueira disse...

Lindo texto!!!
Um incentivo a prosseguir independente das situações a nossa volta, lembrando que nada vem de nós e a aceitar o que somos!!!

Eh para se refletir...

Lindas palavras!!!
Bjs...

Luana e Luma disse...

Oiee..Ká..
quanto tempo??
..
olha muito legal o q vc escreveu. Verdade, verdadeira!!!rs
..
bjuss..Deus te abençoe!!

CeciLia disse...

Ká,

em primeiro lugar, quem ganhou com a tua visita fui eu, que pude vir aqui e ver esta melodia feita palavra que dedilhas.

Ká também é o pequeno e carinhoso apelido de uma de minhas amadas irmãs.

Beijo na tua alma

Filipe Garcia disse...

Olá Karine,

Seu texto é bonito e inspirador! Gostei da comparação, da metáfora. A vida é mesmo regada a músicas, poesias, versos soltos... Incrível como você deixa transparecer a essência crstã em todos os seus textos.

Um beijo.

ELIS disse...

a canção somos nos mesmo.....rsrs muito lindooo esta dança sua aqu...
um xero fofix..!

Ariana disse...

Mto lindo o seu texto!

Beijão
Otimo fim de semana pra ti!

O Profeta disse...

Errantes sentires percorrem
Este corpo nu de calor
Queda-se a vontade ao vento
Neste deserto de verde amor

Ai este grito contido
É lava rubra em minha garganta
Pio de pássaro preso às penas
Uma reza a fugir de alma santa


Boas férias


Mágico beijo

... disse...

Belíssima canção!!! :)

... disse...

Olá Karine!!
Eu te agradeço por prestigiar meu espaço... sério mesmo! Fico feliz em saber quando os textos fazem sentido para alguém... Mas fico tal qual feliz quando, despido de minha arrogancia orgulhosa, sou tocado pelos textos de pessoas que possuem essa missão: ferir e curar almas com verdades e sonhos.
Continue dançando em tuas palavras, sempre se deixando levarpelas baladas do Grande Poeta!
Abraços :)

Fernando Locke disse...

karine, sempre dá um jeitinho de conciliar a musica com as palavras. e ficou aind amais bonito falando de Deus e da vida nisso. muito bem.

 

Blog Template by BloggerCandy.com