quarta-feira, 7 de novembro de 2007


Eu só sei que deixei de saber de mim no dia que descobri nos teus olhos quem sou. Ou quem desejo ser.
Desde então fiz de ti o porto mais seguro para o barco que guio. Fiz do teu rosto o desenho constante nos meus dedos e de tua voz a música da dança dos meus olhos.
Fiz de ti simplesmente parte de mim. E de mim, a sombra perfumada do teu andar.

1 Piruetas.:

Mr. Ziggy disse...

desenho, pule do papel, oras!
música, quebre os vidros! já passou da hora! hunf...

 

Blog Template by BloggerCandy.com