sábado, 25 de agosto de 2007

Soneto à Deus.

Me faz tão bem saber que existes,
que te tenho assim, real e presente,
ainda que o mundo te veja ausente,
Ainda que ignorem o que dizes.

Eu sei que tu não desistes,
e me faz bem acreditares em mim,
até mesmo quando não te digo sim,
até mesmo quando a dor insiste...

Permanece a Tua fidelidade,
até quando sou infiel,
E só me resta agradecer...

Ainda que de mim saia fel,
Tu purificas meu ser,
e me conduz à Tua vontade...



1 Piruetas.:

Anônimo disse...

Lindo soneto querida! Parabéns!

 

Blog Template by BloggerCandy.com