sábado, 25 de agosto de 2007

Na medida certa.


Meu frio tem o tamanho do teu abraço,
Meu peito a medida do teu querer,
Meus olhos, feitos só para te ver,
Se perdem, se encontram nos teus laços...

Meu colo tem o tamanho do teu cansaço,
Meus sonhos a medida do teu prever,
Meus suspiros são compostos por teu ser,
Minha estrada mede a trilha dos teus passos!

Tu és composição dos meus embaraços!
és feito conforme todo o meu tecer!
És a certeza de tudo quanto faço...

Te fiz para completar o meu ser,
e pra tornar-me o teu espaço,
Eu fiz de mim, o teu bem-querer...

2 Piruetas.:

Mr. Ziggy disse...

O sublime me leva ao silêncio... E é nele que vou ficar a curtir o estado de sublimação que seus versos me causaram. Paz do sublime!

bruna.k disse...

oh my God!
só faltou dizer o nome!!
shaushaushaushuahsuahs

te amo minha poetisa preferida!

bjus, Bru

 

Blog Template by BloggerCandy.com