quinta-feira, 28 de junho de 2007



















Sigo os passos da vida em compasso marcado...
Se erro a contagem é preciso voltar...

Danço o que dela aprendo e deixo os sonhos repousarem nos saltos,
(aqueles em que tento voar).
Se em mim há correntes, na dança as retiro, e livre me deixo a bailar e bailar...
Se em mim há muralhas, na dança as derrubo... e o mundo é pequeno para que eu possa dançar...
Se em mim há prisões, tempestades e vulcões, na dança transformo até mesmo as emoções...
Meu mundo só meu, meus passos tão teus... Ali revivo o que a vida não me deu.

Se me perguntam: "A dança o que é?" Dançar é sonhar com a ponta do pé...
Leveza do sonho, tão frágil e distante, se o perde de vista, perdeu seu instante...
Equilibra a vontade, mantém a verdade, e deixa a alma mostrar-se bem como ela é...
E verás que dançar é bem mais que mover-se...E viver o que a vida te traz pela fé.

Conto o tempo que leva para dançar o querer... sequência... 8 tempos talvez:

conto 1... E os olhos sonham a leveza das mãos...
2... e as lembranças dominam os pés de vez...
3... e as imagens se tornam passos vãos...
4... preparo a dança que me leva até Ti...

Não, não está bom. Deveras, repeti.
De novo a contagem...
1..2..1,2,3,4...

conto 5... E tu és a paisagem.
conto 6... e vou até Ti...
conto 7... e danças comigo...
conto 8... e da minha realidade fugi!
E poderia repetir eternamente os passos que me fazem sorrir!
E 5...6... 5,6,7,8...

Sigo os passos da vida em compasso marcado...
Se erro a contagem é preciso voltar...

Vivo na dança o que a vida me nega, alcanço por ela o céu onde Estás...
Me levas até ti bailando em meus sonhos, teu vento carrega meu corpo a dançar!
Somente contigo eu danço até os males...

Mal sabem os que andam pelas ruas vazias,
que a vida produz uma doce sinfonia...
E que a seqüência dos passos que ela pode dar,
é capaz de até mesmo o mais belo sonho embalar...

Se não posso viver o "vácuo", eu o danço...

Fecho os olhos e muda a paisagem, novamente inicio a contagem...

Sigo as passos da vida em compasso marcado,
se erro a contagem é preciso voltar...

1 Piruetas.:

bruna.k disse...

láááá
q lindo!
Karine... deves lançar um livro...
Serei tua editora!
hsaushaushas
depois farei a crítica, publicando em todos os jornais!
;D
nome do livro? Lembranças e saudade
ficou bonito (poético) heheheh
te amo além do que os olhos podem ver na imensidão da noite estrelada...
hahahahahha
como poeta... sou boa jornalista!
shaushuashhsuahsuahsuahs
mas mesmo assim te amo
maninhaaaaaa!
já to indo postar no meu blog tbm... IDÉIAS A MIL!
bjus
Deus abençoe!

 

Blog Template by BloggerCandy.com